“Boom” do Netflix

Site que exibe filmes e séries online cresce vertiginosamente no Brasil e deve atrair ainda mais usuários

Por Bruno Marques, Pedro H Lima e Thiago Vaz

net 2
O Netflix e suas diversas plataformas de utilização (Fonte: Internet)

Com mais de 62 milhões de assinantes no Mundo e dois milhões no Brasil e impulsionado pelas produções próprias, como “Orange is the new black”, o serviço de streaming Netflix está crescendo cada vez mais. No primeiro trimestre deste ano foi registrado 4,9 milhões de novos assinantes nos países em que está presente. Somente os Estados Unidos representou 2,3 milhões dessas assinaturas.

Esse crescimento também foi registrado no Brasil. Segundo a empresa de pesquisa eMarketer o número de usuários cresceu quase 70% nos três primeiros trimestres de 2014. De acordo com o levantamento, 86,5% dos internautas brasileiros assistem vídeos on demand.

Capturar

Pesquisa revela crescimento do Netflix no Brasil

O Netflix iniciou suas operações no Brasil em setembro de 2011. Nos primeiros três meses de operação, o serviço reunia 309 mil assinantes. No ano seguinte, eram quase 900 mil. Mas o grande salto aconteceu em 2013, quando o número total já era de 1,9 milhões.

Para o jornalista e pesquisador Carlos Nepomuceno, o Netflix veio abrir novas portas de consumo midiático para os usuários. “Com a chegada das novas tecnologias cognitivas, como o Netflix, foi rompida uma barreira. Antes o consumidor precisava ir até a locadora pegar um filme ou esperar o horário certo na TV. Este novo serviço é mais flexível e barato, a relação custo-benefício torna-se mais vantajosa”, afirmou.

A possibilidade de ter acesso gratuito no primeiro mês também atraiu mais assinantes. Segundo o professor de marketing digital Andrei Scheiner “o fato de você poder assistir os vídeos de graça no primeiro mês contribuiu para que o site crescesse tanto. Além disso o Netflix adotou uma estratégia de marketing específica para o Brasil e que foi mais positiva em relação a alguns de seus concorrentes, como a HBO Digital”.

O professor também ressaltou a importância do serviço assumir suas próprias produções. Recentemente, o Netflix lançou a série House of Cards, que tem sido o maior sucesso do site, com 6,4% de média de popularidade entre as demais produções. “Isso está sendo um diferencial. Criar seus próprios conteúdos vai fidelizar seu público e chamar novas pessoas. Além disso, o site oferece um serviço bom e fácil de usar”, concluiu Scheiner.

Já André Tenebaum, CEO da agência de marketing digital “Zona Internet”, afirmou que um ponto fundamental na estratégia da empresa são os anúncios na internet, que procuram estabelecer uma identidade com o usuário. “O grande diferencial entre o marketing digital e o tradicional, é que na internet você consegue direcionar sua mensagem para quem deseja recebê-la. Assim, através de campanhas na web, como anúncios no Youtube ou investimento em Adwords, o Netflix anuncia para pessoas que têm o perfil de assinante e com isso consegue obter mais sucesso na aquisição de novos clientes”.

“Crescimento do Netflix
não deve ameaçar futuro da TV
aberta no Brasil”

Além da HBO, o Netflix possui outros grandes “rivais”. O Popcorn Time e Amazon também disputam assinantes no mercado de conteúdo em streming. O consumo on demand no Brasil cresce 50% ao ano segundo dados do Instituto de Pesquisa Dataxis. Atualmente, o Brasil conta com mais de 4 milhões de assinantes neste setor, que gerou em 2013 uma receita de 96 milhões de dólares em toda a América Latina, de acordo com estudo realizado pela consultoria Frost & Sullivan.

Confira a entrevista com o professor Adilson Cabral. Veja também a versão em vídeo desta reportagem, com mais informações e responda nossa enquete.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s